Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De repente já nos trinta

De repente já nos trinta

Pérolas no emprego # 11

19.01.16, Girl About Town

De volta ao trabalho e de volta aos dramas de uma operadora de caixa.

No sábado fiquei numa caixa muito ingrata, uma caixa bastante escondida onde quase ninguém me vê então grande parte da manhã tinha que ser eu a chamar os clientes e todos me diziam “ Ai a menina está aqui tão escondida”.

Normalmente chamava os clientes que ainda não tinham as suas coisas no tapete, isto porque não ia estar a pedir às pessoas para tirar as coisas do tapete, assim era mais fácil as pessoas que ainda não tinham nada no tapete podiam passar mais facilmente para a minha caixa.

Fui fazendo isto ao longo da manhã.

Estava quase na minha hora do almoço mas como ainda tinha algumas pessoas na fila chamei a última cliente, os outros dois clientes que estavam na fila da caixa ao lado, um já estava a terminar de ser atendido e a outra cliente já tinha tudo colocado no tapete e iria ser atendida muito brevemente.

Por acaso essa cliente que chamei é minha colega lá no hiper, como não estava a trabalhar então é uma cliente como as outras.

Quando estava a acabar de atende-la ligaram-me para fechar a minha caixa, assim o fiz.

Quando estava a sair fui alertada por uma supervisora que a cliente na caixa ao lado estava a falar sobre mim e perguntou-me o que se passou.

Como não fazia ideia do que ela estava a falar, ouvi um pouco da conversa da cliente e lá percebi que ela estava a reclamar por que eu não a atendi mas atendi uma colega minha só por ser colega.

A supervisora que lá estava perguntou-me se me recusei a atender a cliente eu disse que não e expliquei-lhe o que aconteceu, que a senhora já estava prestes a ser atendida e chamei quem estava a seguir a ela que por acaso era uma pessoa que trabalha comigo.

Dirigi-me a caixa central e a supervisora ficou lá a falar com a cliente, mas durou pouco, uns minutos depois veio a supervisora e a cliente, a cliente pediu para falar com a chefe e esteve lá dez minutos aos gritos a dizer mal da minha pessoa.

Disse que tinha a caixa fechada, que me recusei a atende-la que só atendi as colegas e por ai.

A cliente estava tão descontrolada que eu até estava com medo de sair da caixa central.

Ao fim de uns minutos a cliente lá foi embora e a minha chefe e supervisora felizmente acreditaram em mim e nem me chamaram atenção nem nada.

Eu é que fiquei logo chateada para o resto do dia, estar ali a ouvir coisas que não são verdade sobre mim e sobre o meu trabalho com toda a gente a olhar para mim não é fácil.

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Girl About Town

    19.01.16

    Acho que nunca me vou habituar a estas coisas.
    Essa das pessoas ficarem a beira da caixa a conferir o talão acontece-me imensas vezes.
  • Imagem de perfil

    Andy Bloig

    19.01.16

    Podem ver se vão os produtos todos, agora estar ali a discutir valores de promoções ou valores que estão errados, não é na caixa. Se virem isso, não é com vocês que tem de falar. Toda a gente sabe disso.
    Se o valor está mal na base de dados, tem de ir reclamar é com a direcção que não registou a informação correctamente.
    Só que, é a regra do quem está mais próximo. É com a pessoa da caixa que lidam, é a pessoa da caixa que tem de saber tudo.
    Se os supermercados fazem 100001 promoções diárias, tem de ter suporte informático para terem as bases de dados actualizadas. Se não o fazem, a culpa não é da menina da caixa. Nem precisas de saber o que está em promoção nesse dia... não és vendedora para estar a informar dessas coisas. É aqui que está o que muita gente pensa. Ao estares no supermercado és equiparada a vendedora. Se és vendedora, tens de conhecer tudo o que estás a vender. Depois há estas atitudes estúpidas que só denota que as pessoas não sabem pensar.
  • Imagem de perfil

    Girl About Town

    19.01.16

    Olha que já aconteceu um grande barraco lá no hiper por causa disso, de um colega meu que estava na caixa e respondeu a uma cliente que não sabia se o produto que ela levava estava em promoção depois de ela perguntar.
    A cliente ficou lá a teimar que ele tinha obrigação de saber e até pediu para falar com uma supervisora e reclamou que o rapaz estava mal formado.
    E isto acontece muitas vezes, achar que temos obrigação de saber tudo.
    Eu quando vou as compras faço a minha lista e vejo os artigos que estão em promoção na internet ou mesmo no folheto, não vou para a caixa perguntar o que é que esta em promoção.
    Depois quem quer reclamar deve dirigir-se à caixa central ou apoio ao cliente é para isso que aquilo serve.
    Mas há pessoas que não tem noção e nem querem pensar.



  • Imagem de perfil

    Andy Bloig

    19.01.16

    Já vi coisas dessas ali no supermercado onde costumo ir.
    (algumas vezes já me meti em conversas que não tinha nada de meter o nariz, porque vejo que as pessoas não tem qualquer noção do que estão a reclamar e a pessoa da caixa não pode dizer mais nada para acabar com aquilo)
    Creio que foi na semana passada que uma senhora com um iphone 6, levava umas coisas (creio que eram champôs ) que levava 3 dentro de um pack e outros 3 soltos. A rapariga passou aquilo na caixa e ela ficou a ver, reclama que devia ter passado 2 vezes o pack . A rapariga diz-lhe que o pack tem um código, individualmente tem outro. Reclamou que no pack só pagava 2, passando os 3 tinha de pagar os 3. Queria que a rapariga anulasse os 3 e passasse 2 packs . Ela não podia fazer isso... Lá foi para a caixa central a barafustar. Como a rapariga ia fechar a caixa, fiquei lá a chatear-lhe o juízo. Quando estamos a conversar, a mulher vai lá dizer-lhe que deixou os 3 na caixa central, pois os outros eram de uma promoção antiga... e ela não lhe soube explicar isso. Nem deixou a rapariga responder-lhe. Virou-lhe as costas, chamou-lhe burra e seguiu caminho. (ainda ouviu o que eu disse, pois disse-o em voz alta, "Quem leva as compras devia sabe lêr as embalagens", arrisquei-me que a mulher voltasse para trás e me acusasse de ser racista e metesse a rapariga da caixa na conversa...)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.