Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De repente já nos trinta

De repente já nos trinta

Opinião

25.07.16, Girl About Town

Fico impressionada com a velocidade com que as relações andam hoje em dia.

Algumas pessoas conhecem-se, namoram e casam em menos de um ano.

Eu namoro há quase cinco anos, conheço o meu namorado há 10 anos e só muito recentemente começamos a falar sobre casamento.

A mim parece-me que com meia dúzia de meses de namoro uma pessoa mal conhece a outra, acho que é preciso tempo para nos conhecermos, para percebermos se somos suficientemente compatíveis para conseguir fazer um casamento funcionar.

Digo eu, não sei.

(Isto tudo porque uma amiga que namora há 6 meses vai casar e conhece o noivo à pouco mais de um ano)

 

 

 

 

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Girl About Town

    25.07.16

    Sim mas o caso da sua avó nem é comparável, antigamente era tudo muito diferente.
    A mim parece-me demasiado cedo casar assim com meia dúzia de meses de namoro, pergunto-me, "qual é a pressa?"
    E conhecer, acredito que nem com anos de namoro se conhece bem uma pessoa.
    Mas não será certamente em 6 meses de namoro que normalmente é a fase mais "in love" onde tudo esta bem e tudo é novidade que se vai conhecer bem os defeitos da outra pessoa e perceber se conseguimos ou não conviver com eles.

  • Sem imagem de perfil

    Rita

    26.07.16

    Já lá vão 9 anos de casamento e dois filhos, a fase in love de que fala ainda existe. Nós nunca vamos conhecer a outra pessoa a 100%, mas comigo resultou ser rápido, viviamos juntos desde quase o inicio do namoro. E casamos pelo civil e 6 anos depois pela igreja. Não foi pressa, nem pela festa, no entanto, prefiro que me digam que sou a mulher do que a companheira dele. Diferenças de opinião.
  • Imagem de perfil

    Girl About Town

    26.07.16

    São opiniões
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.