Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De repente já nos trinta

De repente já nos trinta

O melhor (ou será pior?) de 2015

16.12.15, Girl About Town

Pensando no ano de 2015 acho que não me ocorre nada de brilhante que me tenha acontecido.

Começou comigo a ficar desempregada logo no dia 5 de Janeiro, um mês depois a minha mãe que iria ser operada a uns nódulos na garganta dali a um ano foi chamada para ser operada de emergência no dia 7 de Fevereiro.

Como é óbvio pensei o pior e passei esse dia inteiro, um sábado, a sofrer sem saber se ela estava bem ou mal pois uma operação que demoraria cerca de cinco horas já com o recobro demorou mais de 10.

No final correu tudo bem, os nódulos não eram cancerígenos e ela recuperou muito bem.

Em Maio, depois de milhares de currículos enviados, dezenas de entrevistas lá arranjei emprego no híper onde estou até hoje.

O namorado ficou desempregado.

Férias nem vê-las, pouco passeei este não, não viajei para lado nenhum, acho que nem sai da minha cidade.

Trabalhei todo o verão.

A faculdade não correu tão bem como eu queria, não consegui atingir muitos dos objetivos a que me propus e isto é o que de mais negativo eu retiro de 2015.

A única coisa positiva que retiro deste ano foi que tive a sorte de conseguir ter trabalho durante grande parte do ano.

Espero que 2016 traga muitas mudanças mas isso já é tema para outro post.

7 comentários

Comentar post