Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De repente já nos trinta

De repente já nos trinta

Coisas que realmente me enerva

27.05.15, Girl About Town

Como já disse aqui algumas vezes, eu trabalho num hipermercado.

Hipermercado que tem horário de abertura e de fecho.

Eu infelizmente faço o horário de fecho de loja.

Infelizmente porque?

Ora bem, infelizmente porque por alguma razão que eu não entendo a grande maioria das pessoas que faz compras no hipermercado onde eu trabalho prefere tratar disso quando a loja esta quase a fechar.

Será que existe algum tipo de promoção no fim do dia que eu desconheço?

O hipermercado fecha as 23h, horário que eu considero mais que razoável uma vez que abre as 8.30.

Ou seja, esta o dia todo aberto, então porque raio é que as pessoas se lembram de ir as compras as 23h da noite logo quando a loja esta a fechar?

As pessoas não sabem que fecha as 23h? As pessoas não têm mais nenhuma hora no dia que possam tirar para fazer as suas compras?

Eu bem sei que hoje o dia-a-dia das pessoas é muito ocupado com filhos, trabalho, casa e etc, mas não me venham dizer que não tem tempo para fazer as suas compras em outra hora, ou então para se deslocarem a loja meia hora antes de fechar.

O que me parece muitas vezes é que as pessoas querem jantar descansadas, ir dar uma voltinha e depois antes de ir para casa vão lá fazer as suas comprinhas descansadas quando a loja já esta praticamente com as luzes apagadas.

O que mais me irrita é que nem tem a decência de se despacharem, andam lá a passear o carrinho com a maior das calmas e sem respeito nenhum pelos funcionários da loja.

A gerência da loja na minha opinião também tem muita culpa pois se a loja fecha as 23h não deveria ser permitido entrar ninguém a essa hora nem depois, o que acontece é que deixam entrar pessoas até bem depois das 23h.

Resumindo, depois os funcionários nunca saem a horas.

Eu falo por mim, que deveria sair as 23h e nunca saiu a essa hora e muitas vezes saiu uma hora depois.

E as horas são pagas?

Não!

Vão para uma coisa extraordinária inventada por um burro qualquer chamada banco de horas.

Ou seja, não me pagam as horas e também não gozo os dias.

E por acaso a gerência pergunta se podes ficar mais um pouco?

Não! Dizem que tens de ficar e ai de ti se não o fizeres.

A gerência tem culpa, muita culpa como já disse, mas para mim os principais culpados são as pessoas que escolhem estas horas para fazer as suas compras.

Será que essas pessoas não sabem que as pessoas que estão nas caixas tão disponíveis para os atender e servir também tem casa, família, filhos, universidade, vida além daquela loja?

Será que essas pessoas sabem que também temos horários?

Eu penso que sim, então porque optam por ignorar?

Porque lhes é mais conveniente, imagino eu.

Pergunto me se estas pessoas que vão descansadamente as compras quando sabem que a loja já esta na hora de fechar gostariam de fazer horas extras no trabalho todos os dias sem receber pelas horas extra.

Hoje em dia parece que muitas pessoas só se preocupam com o seu bem-estar e com as suas necessidades, querem fazer tudo como lhes é mais conveniente mesmo que isso mexa e prejudique, mesmo que pouco a vida dos outros.

Isto só me leva a concluir que cada vez há menos respeito pelos outros até nestas pequenas coisas.

 

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.